A iniciativa faz parte de uma campanha nacional que, em Fortaleza, vai distribuir 1000 marmitas no dia 17 de outubro

A data 16 de outubro é marcada pelo Dia Mundial da Alimentação, que nesse ano é o destaque da campanha nacional “Gente é pra brilhar, não pra morrer de fome”, nome inspirado na música “Gente” de Caetano Veloso. Até 18 de outubro, uma série de conferências virtuais e distribuição de alimentos acontecerão em diferentes cidades do Brasil. Em Fortaleza, a Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco, instituição do Governo do Estado, realizará um marmitaço em parceria com 10 cozinhas comunitárias em diferentes bairros, no próximo sábado, dia 17. Moradores dos bairros Vicente Pinzón, Castelo Encantado, Titanzinho, Praia do Futuro, Papicu, Castelão, Tancredo Neves e Centro estarão entre os beneficiados.

“A nossa proposta é que cada cozinha produza 100 marmitas e distribua ali mesmo na comunidade onde está localizada”, explica Damaris Barros, coordenadora pedagógica da Escola. Segundo ela, monitores e professores da instituição, além de voluntários, estarão liderando a produção das quentinhas e passando orientações de boas práticas e manipulação de alimentos para as cozinheiras de cada local.

Selene Penaforte, superintendente da Escola, destaca que a meta é distribuir, pelo menos, 1000 marmitas nesse dia e convida a todos que desejem colaborar a fazer doações de alimentos não perecíveis. “Nós já estamos com as equipes formadas para trabalhar em cada cozinha comunitária e podemos aumentar o número de entregas de acordo com as doações recebidas ao longo dessa semana”, afirma.

A Campanha

Até 16 de outubro, a campanha “Gente é pra brilhar, não pra morrer de fome”, nome inspirado na música “Gente” de Caetano Veloso, promove uma semana de conferências virtuais e estratégicas sobre a superação da fome no Brasil. A ideia é articular setores, expor as complexidades do modelo produtivo atual e potencializar sistemas agroalimentares contemporâneos, a partir do debate e da sistematização de agendas em âmbito nacional. A programação segue nos dias 17 e 18 de outubro, em diversas capitais do país com a distribuição de refeições e alimentos.

Sobre a Escola – Instituição da Secult Ceará, a Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco (EGSIDB) é gerida pelo Instituto Dragão do Mar. O nome faz referência ao fundador do grupo M. Dias Branco, que financiou a sede doada para o Estado em uma parceria público-privada. O centro de formação oferece cursos básicos e profissionalizantes em cozinha, panificação e confeitaria, além de mentorias para desenvolvimento de produtos e projetos, por meio do Laboratório de Criação em Cultura Alimentar Gastronomia. Todas as atividades são gratuitas, mediante inscrição e processo seletivo. O público-alvo preferencial da escola é formado por jovens em situação de vulnerabilidade social e adultos com ou sem experiência em gastronomia.

SERVIÇO:

Marmitaço em Fortaleza – Gente é pra brilhar, não pra morrer de fome

Dia 17 de outubro – Distribuição de marmitas em oito bairros de Fortaleza.

A campanha está recebendo doações de alimentos não perecíveis. Em Fortaleza, fale com a  Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco: (85) 99784-1948 / 99925-3812 / 3248-8091.

Skip to content